segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Resenha do livro: Baía da esperança - Jojo Moyes




Autora: Jojo Moyes
Páginas: 301
Ano de edição pela Intrínseca: 2016

Resenha

Kathleen Whittier, uma senhora de 76 anos que aos 17 anos ficou conhecida como A dama dos Tubarões, após ter capturado um tubarão-cinza. Ela vive em Silver Bay na Austrália, e é dona e Administradora do Hotel Baía da Esperança; junto com sua sobrinha Liza e a filha dela Hannah, elas vivem tranquilamente.
Liza é uma jovem amedrontada que guarda um terrível segredo,ela trabalha com o barco chamado Ismael,que leva os turistas para passeios de observações de golfinhos, e assim longe de tudo aquilo que a causava terror, ela cria a filha Hannah.
Hannah é uma menina de onze anos, muito esperta e inteligente.
A vida dos moradores de Silver Bay e Baía da Esperança é calma e tranquila, até a chegada de Mike Dormer, um empresário especializado em negociações financeiras.
Mike se hospeda no Hotel de Kathleen assim que chega em Silver Bay, é um homem misterioso que se interessa por toda a cidade ao seu redor, e aquilo começa a causar medo em Liza. Será que a chegada desse homem misterioso, pode trazer problemas aos moradores do Hotel Baía da Esperança?
A leitura do livro no início é um pouco confusa, mas logo começa a se desenrolar e flui rapidamente.
Uma das coisas a qual me encantou nesse livro, é que Jojo trouxe a Jean, uma das personagens do livro: O navio das Noivas, eu queria muito saber o que havia acontecido com ela, e Jojo nos deu esse presente. 
Após muitas pesquisas da parte de Mike e com a ajuda de Hannah, sem que ela soubesse do que se tratava as fotos que ele pagara a ela para tirar,Mike consegue a aprovação para construir um Resort em Silver Bay. Todos os moradores da Baía ficam chocados e decepcionados com Mike, principalmente Kathleen, que percebe que a segurança de sua sobrinha Liza e Hannah estão em risco, e com um novo resort de luxo, seu hotel que sobrevive com pouco também pode estar com os dias contados.
A história possui vários personagens marcantes,que deixam tudo ainda mais instigante e emocionante.
É um livro para ser lido sem pressa, e com muita atenção.
Mais uma vez Jojo nos presenteia, com uma história sensível, cheia de emoção, amizade e cumplicidade.
  

domingo, 14 de janeiro de 2018

#TAG: Reproduzido O quartinho do Léo

Boa tarde queridos leitores!
Hoje eu trago na #TAG: Reproduzindo - O quartinho do Léo, o amigo de Lavínia.

Léo tem 8 anos, é o melhor amigo de Lavínia, e um pouco mais baixo que ela.

E aí, será que eu acertei? rs
Espero que tenham gostado, e é claro, é só uma brincadeira e as imagens são todas ilustrativas!






quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Resenha do livro: Nada mais a perder - Jojo Moyes



Autora: Jojo Moyes
Páginas: 400
Ano de edição: (2016) 
Editora: Intrínseca

Henri Lachapelle, foi um dos melhores cavalheiros de elite de Hipismo francês da Academia "Le Cadre Noir".
Henri cria a neta Sarah de quinze anos. Eles vivem em um conjunto habitacional simples e levam uma vida financeiramente limitada.
Sarah, uma jovem que herdara a mesma paixão por cavalos, assim como seu avó. Henri ensina Sarah a montar seu cavalo chamado Boo, e passa a ela todos os truques que aprendera. Juntos esperam formar uma equipe e assim conquistar uma vida melhor longe dali.
Porém, a vida toma um curso muito diferente na vida de Sarah, é aí que surge Natasha, uma advogada especializada em casos de crianças e adolescentes com problemas.
Confesso que foi muito difícil resenhar esse livro, a história para mim foi bem cansativa, até mesmo um pouco confusa. Mas assim que a gente começa a entender o desenrolar da trama, a leitura flui tranquilamente.
O ponto mais interessante que eu ressalvo neste livro, é a riqueza dos detalhes sobre o hipismo. Jojo vai ao fundo em seus temas, trazendo ao leitor informações que ficam para toda uma vida.
Natasha está separada do marido há cerca de um ano, e vê sua vida novamente sair dos trilhos quando, o ex marido resolve voltar para resolver a sua parte na separação de bens, e precisa se instalar no apartamento de Natasha; como se ela já não tivesse problemas suficientes com os quais lidar.
A vida nem sempre sai como o planejado, e Sarah mais do que qualquer outra pessoa sabe bem disso. E numas dessas circunstâncias da vida, o caminho de ambas se cruzam e, após esse encontro tudo muda drástica e repentinamente para elas.
O livro é recheado de trechos sobre equitação por Xenofonte.
Mais uma vez Jojo nos presenteia com uma leitura cheia de conhecimento, informações, amor, lealdade, recomeço e amizade.
É um livro para ser lido com calma, apreciando cada passagem sem pressa. É uma história que marca!

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Nova #TAG: Reproduzindo (O quartinho de Lavínia) - Lucinei M. Campos

Olá queridos leitores, boa noite!
Este ano estou com várias ideias aqui para o blog. E hoje venho falar sobre a nova #TAG - Reproduzindo ou simulando. 

Mas O que é isso?
Dentre os livros que eu já li, eu vou pegar determinada parte do livro, frase, texto ou qualquer coisa que seja relacionado a ele, e, criar um set (pode ser capa, figurino de um dos personagens, local,casa ...) Ou seja, o que vier na minha imaginação sobre o livro, e criar um set/tema.

Este primeiro set/tema, é sobre A Lavínia, protagonista do livro: Lavínia e a árvore dos tempos - (Lucinei M. Campos). 
Resenha AQUI, caso queiram conferir a maravilhosa e divertida história!
É como eu imagino que seja o quartinho da Lavínia.
Uma menina doce, meiga de 9 quase 10 anos de idade.




Como podem ver, um quartinho bem organizado, pois Lavínia é uma garotinha muito inteligente e esperta, então, acredito que também seja organizada. 
Rosa, muito rosa! Quase toda menina gosta de rosa e ursinhos de pelúcia. Não é mesmo?
Pois bem, essa é minha versão do quartinho de Lavínia.
Espero que vocês tenham gostado da ideia, e que o escritor do livro também ache legal e divertido! 

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Resenha do livro: O Navio das Noivas- Jojo Moyes



Autora: Jojo Moyes
Páginas: 382
Ano de edição: 2016
Editora: Intrínseca

Resenha

É terminada a 2° Guerra Mundial, é hora de todos começarem a retornar as suas vidas cotidianas.
HSM VIctoria, é um porta aviões que fica encarregado de levar mais de 600 jovens esposas da Austrália até a Inglaterra, para encontrarem seus esposos.
A história do livro foca em quatro maravilhosas personagens: A Margareth, mais conhecida como Maggie que vive com os pais e irmãos, e se encontra na reta final de sua gestação. Ávice, uma jovem rica que se preocupa apenas com as aparências e status. Frances, uma enfermeira discreta, de poucas palavras que esconde um grande segredo de seu passado; e Jean, uma jovem de apenas 15 anos, cheia de vida, energia e muito inocente.
A vida dessas quatro jovens esposas se cruzam, e elas precisam dividir a mesma cabine durante as 6 semanas de viagem. 
Esse é o sétimo livro da Jojo que eu leio, diferente dos demais, O navio das Noivas me prendeu de uma forma que quando vi, já eram 02:00hs da manhã e eu não conseguia parar de ler.
A leitura é muito comovente, eu pude sentir a emoção de cada uma dessas quatro mulheres, o medo, a insegurança, a expectativa do que as aguardavam do outro lado do mundo.
A convivência dentro da cabine conforme os dias iam se passando, passou de desconfortável a amigável, de certa forma, cada uma com suas diferenças, sonhos e planos.
O capitão do Navio, criou vários entretenimentos, atividades e distrações para tornar a viagem dessas mais de 600 mulheres agradáveis e divertidas.
Durante a leitura, muitas coisas aconteceram, algumas mulheres recebiam telegramas de seus esposos dizendo que não viessem, que não eram bem-vindas, o que deixou todas as mulheres desesperadas, inseguras e com medo.
E eu, é claro, fiquei numa ansiedade extrema, sem saber o que o futuro iria reservar para Maggie, Frances, Ávice e Jean. Nem todas elas tiveram tanta sorte ao chegarem ao seu destino final. O que eu posso garantir é que a história é muito interessante, empolgante e que Jojo com sua escrita cheia de detalhes, nos proporciona uma história incrível.

A história do livro é baseada na avó de Jojo, que esteve em uma viagem após a guerra num desses navios porta-aviões. E o mais interessante ainda, o livro é cheio de pequenos relatos dessas mulheres que estiveram nessa viagem.

Preparem-se para uma leitura arrasadora, que irá te transportar para uma viagem inesquecível!


segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

TOP 5 -Os melhores de 2017 - Minha Opinião

Dos livros que eu li durante o ano, eu separei os 5 que eu mais gostei, não que os outros não tenham sido bons, mas sempre têm aqueles que a gente lê no momento certo e nos trazem uma imensa alegria ou aprendizado. Verdadeiras lições de vida.


1° Gelo Negro- Becca Fitzpatrick
A história me cativou desde o início, a leitura me prendeu bastante. 
-O que eu aprendi com a leitura do livro: Todos merecem uma segunda chance, e quando alguém está predestinado para ser seu, a vida se encarrega de trazer na hora certa. 

2° Lavínia e a Árvore dos tempos- Lucinei M. Campos 
Uma leitura super divertida, você lê se divertindo com os personagens e a história é tão cativante que você não quer que termine.
-O que eu aprendi com a leitura do livro: Que toda criança deve ser acompanhada sempre, que os pais devem perceber o comportamento do filho, principalmente na escola, e ficar em alerta. Também ressalto nessa história que, todos merecem uma segunda chance, e que os amigos são muito importantes nas nossas vidas, principalmente na infância! Indico a leitura para crianças e adultos.

3° A garota que você deixou para trás- Jojo Moyes
Não é segredo pra ninguém que eu sou apaixonada pelos livros da Jojo. As histórias são ás vezes confusas, muitas idas e vindas do passado-presente. Mas Jojo consegue unir histórias independentes e mesclar todas elas em um desfecho incrível. Histórias cheia de detalhes, conhecimento. Ela vai ao fundo em cada tema e aprendemos muito com todos eles.
-O que eu aprendi com a leitura do livro: Todo mundo tem um segredo, viver de aparências não é tudo na vida; é preciso ter coragem e determinação para sair da zona de conforto. A vida é muito mais que comprar roupas e sapatos. Nunca mais vi um quadro da mesma forma, por trás deles, há sempre uma história, um momento e uma pessoa.

4° Uma curva no tempo- Dani Atkins 
Uma leitura incrível, uma personagem um tanto conturbada e cheia de conflitos, a leitura me prendeu de uma forma que eu devorei em questão de horas.
-O que eu aprendi com a leitura do livro: A vida é muito curta para a gente se culpar por coisas que não tivemos culpa alguma. Corra atrás dos seus sonhos e objetivos, siga em frente. Nem sempre se pode apagar o passado e fazer tudo de novo. 

5° O navio das noivas- Jojo Moyes
Baseado em histórias reais. Esse livro me tirou do chão, senti um pouco o que cada personagem sentia e passava. Até o momento, é o único livro da Jojo que realmente quase me fez perder o sono...
-O que eu aprendi com a leitura desse livro: A vida é imprevisível, nem sempre sabemos o que nos espera do outro lado, mas é preciso coragem, força de vontade para sair da zona de conforto e ir em busca de um ideal. Nem sempre o que nos espera é o esperado, mas sinta-se grato ao atravessar tantos obstáculos e chegar até lá...    

Livros lidos em 2017

Olá queridos leitores, Feliz Ano Novo!
Eu só comecei a marcar os livros que eu leio durante todo o ano, a partir do ano passado (2017). Devido ao meu emprego que é muito corrido e apenas uma folga na semana, consegui ler poucos livros.
Mas valeram a pena, foram lidos e muito bem aproveitados.
Segue nas fotos!










LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...